The Black Lightning – Dc séries

 

Não, esse não é aquele personagem da Marvel conhecido como o grande rei de toda uma nação e que há pouco teve uma série para chamar de sua (mesmo que ela não mereça ser lembrada, não é Inhumans?!), muito pelo contrário.

Black Lightning ou como é conhecido aqui no Brasil, Raio Negro é um herói do subúrbio e a mais recente aposta da DC Comics para as telinhas, onde já conseguiu o feito de ser a maior estreia do canal The CW nos últimos dois anos.

Criado em 1977 por Tony Isabella e Trevor Von Eeden, o professor de inglês e literatura Jeff Pierce, assim como explicito em seu codinome é um metahumano com poderes ligados ao controle de cargas elétricas.

Prometendo ir muito além do que as outras séries de seu meio, essa nova produção aborda de forma severa e direta o racismo e a criminalidade, pilares centrais para sua construção. Onde uma sociedade em desespero clama pelo retorno daquele que representava paz e um futuro melhor, já que suas leis se provam cada vez mais obsoletas.

Após nove anos em que abandonou seu posto como vigilante e com a criminalização chegando a níveis absurdos graças ao domínio de uma gangue na região, Pierce (Cress Williams) passou a salvar vidas de outra forma. Atualmente como diretor de um colégio, sua missão é impedir que crianças e jovens percam o rumo, sendo uma espécie de farol ético e moral para todas elas.

Raio Negro (Black Lightning) - DC 2018
Raio Negro (Black Lightning) – DC 2018

Apresentando de forma rápida e eficaz seus personagens (um grande ponto positivo para esse primeiro episódio), conhecemos de imediato as motivações de cada um deles. Suas duas filhas Anissa (Nefassa Williams) e Jennifer (China Anne McClain), sua ex-mulher Lynn Pierce(Christine Adams) e seu grande amigo Peter Gambi (James Remar).

Os motivos de Jeff ter abandonado e agora retomado o uso de seu uniforme estão diretamente ligados a eles e o que antes os separou será a chave para mantê-los unidos e vivos.

Com uma direção sem medo em mostrar o que acontece quando o crime, racismo e a falta de segurança tomam conta de uma sociedade, o até então diretor percebe que sua aposentadoria como herói e o desejo de ter sua família de volta abriu espaço para que seu povo fique a mercê das gangues e um futuro e enigmático vilão.

Temos aqui um incrível piloto, acompanhado de uma trilha sonora afiada que merece cair na graça do grande público e mesmo que em alguns momentos do episódio, Black Lightning não pareça ser uma série heroica, algo que carece de uma maior compreensão por todo seu contexto, já que seu foco não é na grandiosidade em ser um super-herói e sim na necessidade e  obrigação para com aqueles que precisam.

Confira o trailer:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.