rei de Wakanda - Pantera Negra
Rei de Wakanda – Pantera Negra

Imponente rei de Wakanda e um dos mais atuantes Vingadores, Pantera Negra é mais um dos incríveis personagens criados por Stan Lee e Jack Kirby, que a cada dia ganha mais destaque.

Regente da isolada e tecnologicamente avançada nação localizada na África, após o assassinato de seu pai e assim como outros heróis da Marvel Comics, também teve sua primeira aparição em uma edição de Quarteto Fantástico,lançada em 1966 (Edição nº52).

Onde para testar suas habilidades e tendo conhecimento do poder da equipe, o jovem os enfrentou e derrotou um a um (mas podem ficar calmos, ele não estreou como vilão, longe disso).

T’challa é um grande cientista, considerado um dos homens mais inteligentes do mundo.Mas diferente de outros heróis, não possui poderes além das habilidades adquiridas ao longo de seu extenso treinamento e aquelas obtidas por uma erva nativa em que todos os líderes precisam ser expostos, proporcionando sentidos, velocidade, força e reflexos sobre-humanos.

Como um dos primeiros heróis negros de destaque, inicialmente Kirby poderia ter levado o personagem para outra direção, onde nem mesmo teria

Tigre de Carvão - Pantera Negra
Tigre de Carvão – Pantera Negra

esse nome e o memorável uniforme, se chamando Tigre de Carvão.

Ideia que não foi muito para frente, já que Lee teve outra visão para o mesmo. Havendo relatos de que essa mudança tenha sofrido alguma influência à criação do Partido dos Panteras Negras, também de 1966.

 

 WAKANDA

Wakanda: A grande nação de Pantera Negra
A grande nação

Localizada no interior do continente africano, Wakanda é uma das maiores potências tecnológicas do Universo Marvel, onde há milhares de anos um meteorito contendo Vibranium atingiu a região, dando início pelas mãos de Bashenga( primeiro Pantera) com o apoio das tribos remanescentes a criação e fundação do local.

Misturando tecnologia avançada à cultura tribal, em seu primeiro olhar Wakanda pode ser considerada antiquada por seu modo de governo centralizado, suas crenças e pela escolha reclusão de seus conhecimentos e potenciais minérios (Vibranium e Petróleo).

Mas sabendo como a globalização e a comercialização afetam a vida em sociedade, os wakandanos desde a descoberta do que pode ser feito com seu mineral, optaram por se manterem o mais distante possível, pois acreditam que tudo que a sociedade faz é caminhar de encontro à guerras e destruição, os considerando indignos de grandiosa dádiva.

Para se tornar rei e defensor da nação, desde jovem é de extrema necessidade um árduo treinamento e não pense que, apenas por ser filho do líder anterior, automaticamente o lugar já está garantido, é preciso derrotá-lo, provando estar acima de seu antecessor em todos os requisitos.

Ao contrário do que todos possam imaginar “Pantera negra” não é o nome em que o herói escolheu para proteger seu povo e o mundo, na verdade é um título hereditário e ligado à meritocracia.

Para um local tão precioso quanto este, é de extrema necessidade uma segurança à altura. E o que difere aqui é sua guarda real, formada por mulheres, as letais Dora Milaje, que farão de tudo para proteger seu rei e seu povo.

Mas com toda uma gigantesca quantidade de Vibranium, o local é alvo de contínuas tentativas de invasão. Trazendo indesejáveis visitantes, como o físico Ulysses Klaw.

Conhecido como Garra Sônica, Ulisses perdeu uma de suas mãos enquanto estava à procura do valioso mineral, após T’challa, ainda criança tentar proteger seu pai.

Com a intenção de abastecer suas experimentais armas de som, ele friamente enfrenta e assassina o antigo rei, nascendo ali uma grande rivalidade que reverbera até então.

 Representatividade

Pantera Negra - Elenco completo
Pantera Negra – Elenco completo

 

Abrindo portas para outros grandes heróis negros dentro e fora de sua editora como Tempestade, Luke Cage e John Stewart, Pantera negra ao longo de seus 52 anos carrega uma grandiosa missão, ser um dos precursores da representatividade negra nas Histórias em Quadrinhos e agora também nos cinemas.

Mesmo em tese não sendo o primeiro, é fácil encontrar artigos ou menções ao personagem utilizando desse mérito, já que foi graças a ele que toda uma cultura foi apresentada de forma digna, finalmente deixando de lado freqüentes “esteriótipos” (escravos, empregados e principalmente figurantes).

Criado em um período que a inclusão racial ainda engatinhava, é espantoso pensar que na mesma década, o primeiro beijo interracial na tevê, que foi entre a Tenente Uhura e o Capitão Kirk da série Star Trek, tenha virado um marco.

Algo que está para acontecer novamente, assim como fez nos quadrinhos, o seu filme trará algo que até então Hollywood não conseguiu, quase todo seu elenco é formado por negros (é obvio e justo!).

Estreando em terras tupiniquins no dia 16 de fevereiro, a obra tem em seu elenco grandes nomes como Angella Bassett, Chadwick Boseman, Lupita Nyong’o entre muitos outros.

Provando que o personagem vai muito além de uma criação cartunesca ou até mesmo um simples personagem, ele é a representação e toda luta de um povo que há anos clama e luta pelo seu lugar.

Confira o trailer:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.