Tutorial da Vida | Como se comportar em um velório

Existem muitas coisas na vida que não podemos evitar, uma delas é a morte (querendo ou não você vai dar uma morrida um dia ou outro), mas enquanto esse dia não chega vamos falar da morte de outras pessoas.

Nada mais chato que velório, muitas vezes temos que ir a velórios de pessoas que nem conhecemos. Porém, temos apreço por um parente e precisamos marcar presença, para dar uma força e algumas palavras de encorajamento para os familiares.

Palavras de encorajamento.. o que dizer? Nessa hora dizemos coisas que não entendemos, mas vimos as pessoas dizer a vida toda, então assim também o fazemos: “meus pêsames” e “meus sentimentos” como se isso fosse legal. A pessoa não está afim de falar com ninguém e tem que ficar ouvindo um monte de velhinhos dizendo essas coisas. Esta pessoa claramente te odeia neste momento e quando for o caso, você também odiará alguém pelo mesmo motivo.

Por que será que os velhinhos gostam tanto de velórios? Conheço um que abre o jornal todos os dias só pra ver quem morreu, então, se arruma e vai para o velório. Acho que é por conta do cafézinho, porque um lugar pra ter café bom é velório.

Você anda pelos cantos procurando algum conhecido, “já cumprimentei os familiares e tomei um cafézinho”, estou dispensado da educação. Agora estou em uma rodinha de amigos (todos quietos, com óculos escuros e as mãos no bolso) até que repentinamente um deles solta uma piadinha que ninguém consegue segurar e todos riem, porém, logo disfarçam pois estão em um velório.

Daqui a pouco um comenta sobre o caféezinho e todos vão para a cozinha tomar um, nesta hora as piadas estão liberadas até que chegue algum parente do falecido e sai um pra cada lado.

Depois começam a falar das pessoas, “olha como aquela tiazinha parece o Zacarias” , nesse momento se inicia uma competição, vence quem achar mais sósias de famosos.

Sempre tem um que não gosta das brincadeiras e (ao invés de se afastar) fica dando bronca em todos, sem parar. Este com certeza é o que está mais próximo de ser o anfitrião do próximo velório. Sempre bravo, sai de perto várias vezes, mas sempre acaba voltando.

Para disfarçar melhor, começam a conversar pelo WhatsApp ,  parece que fica pior, agora estão todos calados e de repente todos riem ao mesmo tempo, quando o piadista da turma manda um áudio no grupo e o que estava mais bravo e preocupado com as brincadeiras abre o arquivo, lá vem o gemidão…

bio PUERTO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.