Vestígios

 

Às vezes não sabemos o que precisamos
Parece que tudo ficou para trás
Uma tranquilidade encontramos
E vestígios do passado estão de volta
E vemos quem realmente somos

É a alegria de comer a comida da avó
De reviver o que parecia ser passado
Quando sua serie favorita reestreia
Vestígios de um futuro ultrapassado
O medo do igual sem saber o porquê
Vestígio de em nada estar encostado
De poder sentir a natureza e o amor
De descansar a cabeça no namorado

Vestígios da natureza desmatada
Que tenta viver em meio à cidade
Árvores que desejam ser replantadas
Vestígios que acham ser mitos
Mas a esperança pode ser encontrada
A natureza tão oculta e oprimida
Que vemos ao pegar estrada

Vestígios de algo chamado vida
O amor e união somente
A identidade meramente contida
Sem haver a maldade insana
E a saudade que está escondida

bio Quel

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.